Em Clausura

by Vulgar Débil

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
01:22
3.
4.
5.
6.
00:37
7.
8.
9.
05:56
10.
11.
12.
05:43
13.
14.
15.
03:42
16.

about

Em Clausura:

A quantidade de prisões que não diminuem, e as celas se descaracterizam, se aperfeiçoam, se ambientalizam.
Ter noção de cada desejo contido, de cada limitação imposta, de tempos em tempos, sofisticadamente.
O que me importa a liberdade, se as algemas são tudo o que se pode desejar? O ressentimento não mais existe, não há sentimento para se refletir, apenas suas sombras.

A visível impossibilidade e a impotência absoluta tencionam ser o seu estigma, e a sua solução. As boas maneiras são o péssimo modo de engolir todo o venenoso comportamento latente, infame.
Porém lembre-se: o veneno é sempre libertador.

O que fazer ante tantas amarras? A teia envolvente das aranhas sutis e famintas que nos consomem. Somos todos débeis e insensíveis a nossa própria ilusão.
Se o engano é tão patente, existe realmente alguma certeza?

A nossa prisão é inodora, e apenas a percebemos quando nos tornamos, também, inodoros.

Grita-se urgentemente pela liberdade em seu interior, porém nossa boca costurada tememos rasgar. O medo do sangue que não hesita em nos impedir de ver o vermelho em todas nossas veias pulsantes.
Terríficos acontecimentos que nos norteiam, para nos entorpecer. Quem afinal, aceita a desembriaguez? Quem deseja seguir em frente, sempre são, mirando as contradições visíveis ictu oculi?

Os seus sonhos já não são mais os mesmos. Aliás, nem sequer existem. Há apenas os sonhos de eras passadas, e nos recusamos com veemência a nos desiludir.

A idiossincrasia ideológica, toda a sua febre de lógica que não mais me alimenta, não mais me diverte.

Sobra apenas a clausura, a doce clausura, o único lugar onde não tem divagação, não tem solução.

Arte da capa: Scott Short

credits

released October 5, 2016

tags

license

all rights reserved

about

Vulgar Débil Brazil

Ξ

contact / help

Contact Vulgar Débil

Streaming and
Download help

Track Name: Últimas Paredes
Quais serão as últimas paredes?
Existe ainda concreto pra te selar?
Track Name: A Urgência da Liberdade
Me prenderam onde eu não quis
E a liberdade nunca foi
Tão distante e ofuscada

Sentimentos conflitantes formam
Os elos da corrente

Cada alegria representada
Não é nada além
Da primeira chibatada